O que é Transtorno do Estresse Pós-traumático?

A ansiedade é um distúrbio com diversas ramificações. Por isso, a crença comum de que uma pessoa está apenas ansiosa não é a melhor descrição. Um dos tipos de ansiedade é o TEPT que será abordado hoje. Entenda o que é Transtorno do Estresse Pós-traumático.

Veja mais sobre o TEPT, as causas desse distúrbio, os sintomas e quando é o momento de procurar ajuda médica.

O que é Transtorno do Estresse Pós-Traumático?

O TEPT ou Transtorno do Estresse Pós-traumático é um tipo de transtorno da ansiedade. Ele se apresenta em diversos sintomas psicológicos, físicos e emocionais que afetam o cotidiano da vida de uma pessoa.

Esse distúrbio acontece quando alguém é vítima ou testemunha de uma situação chocante. Ou seja: assaltos, sequestros, violência sexual, assassinatos ou outras circunstâncias traumáticas onde houve risco de morte.

Ao recordar do incidente retorna todo o sentimento daquele instante. Logo, a pessoa revive o sofrimento, dor e pânico do momento traumático. A cada recordação acaba sendo como se ela estivesse vivendo o ocorrido no presente.

Os especialistas chamam essa memória do trauma de “revivescência”, uma vez que a pessoa revive aquele fato marcante. Além disso, é essa lembrança que desencadeia os sentimentos e reações fisiológicas.

Quais são as causas do Transtorno do Estresse Pós-Traumático?

As causas do TETP, em geral, são atos de violência, momentos traumáticos e situações em que há ameaças diretas a vida da pessoa ou de alguém próximo a ela. Logo, após esse fato há um estresse tão intenso que se desenvolve em crises de ansiedade pós-trauma.

Porém, esse perigo pode ir além de atos físicos. Dessa forma casos como humilhação, assédio, bullying, ameaças verbais e outras agressões psicológicas também podem levar ao Transtorno do Estresse Pós-traumático.

Entre os fatores de risco para o TEPT estão: situações de vulnerabilidade ocorridas na infância ou adolescência; casos de violência doméstica; atos violentos físicos ou psicológicos na escola e também dificuldade de aprendizado na qual a criança sofre discriminação dos colegas.

Há também quadros do transtorno que são originados por desigualdades sociais e uma vida muito conturbada. Ou ainda por desastres naturais, como: terremotos, furacões e enchentes.

Quais sãos os sintomas do Transtorno do Estresse Pós-traumático?

Entre os sintomas do Transtorno do Estresse Pós-traumático estão os seguintes fatores divididos em categorias:

  • Revivescência: lembranças recorrentes e pesadelos sobre o evento.
  • Fuga: evitar qualquer objeto, som, pessoa ou local que relembrem o ocorrido.
  • Distanciamento: falta de interesse afetivo por atividades, amigos ou companheiros que gostava antes do trauma;
  • Hiperexcitabilidade: episódios de pânico, coração acelerado, suor em excesso, insônia, estado de alerta e fuga.
  • Negatividade: sensação de impotência, incapacidade, vulnerabilidade, sentimento de vazio interior, falta de esperança e perspectivas para o futuro.

 

Quando buscar o tratamento para o TEPT?

É importante buscar orientação especializada quando uma pessoa mostra-se muito frágil após um evento de estresse intenso. Não são todos que passam por distúrbios psicológicos depois de um trauma, porém sempre é recomendado fazer um acompanhamento com o psicólogo quando um fato marcante ocorrer.

Ao saber o que é o Transtorno do Estresse Pós-traumático, suas causas e sintomas é possível procurar o tratamento o mais cedo possível. Todas as pessoas merecem ter bem-estar em seus dias e viver tranquilamente.

Além disso, para complementar seu tratamento o paciente pode utilizar um suplemento natural regulador de humor. O suplemento ajuda a evitar o estresse, ansiedade, depressão e falta de sono. Tudo isso sem prejudicar o organismo ou causar efeitos colaterais. Veja os depoimentos sobre os suplementos naturais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *